terça-feira, 29 de julho de 2008

O BRASIL EM TOM MENOR


Folheando meus cadernos velhos me deparei com um texto que escreví em 22/12/1994, sobre nosso maestro querido Antônio Carlos Brasileiro de Almeida Jobim (o Tom ), que havia "partido" em 8 de dezembro de 1994. Eis o texto:


O Brasil Em Tom Menor

(Ou sem Tom Nenhum)


"Pois É.

O Tom subiu!

E nós ficamos mais DESAFINADOS.

Mão no queixo, olhar parado,

Vendo as AGUAS DE MARÇO

Fechando o verão e levando

pedaços dos nossos sentimentos.

É um desatino,

Um desalento (como diria seu parceiro Chico)

Um desvario.

Uma melancolia que não sai de mim.

Lembranças nítidas como uma FOTOGRAFIA,

RETRATO EM PRETO E BRANCO

Do CORCOVADO, DA ESTAÇÃO PRIMEIRA,

DA ESTRADA DO SOL.


Tantos percursos, tantas imagens,

Tantas construções harmoniosas,

Emoções compartilhadas...

Ah! por que estou tão sozinho,

Ah! por que tudo é tão triste?

É a MEDITAÇÃO que se impõe sobre a INSENSATEZ divina

(Ah! INSENSATEZ que VOCÊ fêz )

Levando o nosso poeta,

Que vivia nos FALANDO DE AMOR,

Do sorriso e a flor,

Da forma mais eloquente

Do jeito mais comovente.


Antonio Carlos Brasileiro de Almeida Jobim- o Tom

Nosso maestro foi reger em outras esferas.

Deixa na orfandade seus parceiros queridos,

Um espólio musical de mais de 300 composições

E as lindas, doces e (e)ternas viuvas:

DINDI, LÍGIA e LUÍZA,

Além da GAROTA, que com seu balanço e sua graça

Saiu de IPANEMA e conquistou o mundo.


Por toda minha vida

Hei de ouvir cantar uma SABIÁ

(Aquela da vaia no Festival).

Ela continuará, com seu gorjeio,

Dando o TOM de nossas esperanças,

Maviosamente..."

Um comentário:

Fabricia disse...

Grande Tom! Conheço uma frase dele que acho que você vai gostar, se já não conhece..

"O dinheiro não é tudo. Não se esqueça também do ouro, os diamantes, da platina e das propriedades."

beijo meu querido =* Mais uma frase do mestre Tom para finalizar..

"A gente só leva da vida a vida que a gente leva"