segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

E FREVO AINDA, APESAR DA QUARTA-FEIRA...

No Cordão da Saideira (Edu Lobo)




No Carnaval (Caetano Veloso /Jota)






Manhã de Carnaval (Luiz Bonfá Antônio Maria)


Sonho de Um Carnaval (Chico Buarque)



Ensaio Geral (Gilberto Gil)

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

MEUS NOVOS AVIÕES


O C-47, montado por Ricardo Zarapa de Parnamirim.


O Bombardeiro, B-25 e o Douglas C-47. Nesse último fiz muitos vôos de Natal para Fernando de Noronha, sendo o último para a ilha em 1958. Depois, no início dos anos 70, viajei num C-47 para Brasília e retornei de Brasília nas suas asas 1 ano depois num vôo Brasília- Recife. De Recife para Natal fiiz o vôo na companhia do meu pai num C-54 da FAB.

UMA AVE MARIA PARA PERY RIBEIRO



Pery Ribeiro (1938 - 2012), cantar com seus paes, Herivelto Martins e Dalva de Oliveira, em outras esferas juntos a outras estrelas da nossa música.


O cantor e compositor Pery Ribeiro morreu na manhã desta sexta-feira (24), aos 74 anos, vítima de um infarto, no Rio de Janeiro. Ele era filho da cantora Dalva de Oliveira (1917-1972) e do cantor e compositor Herivelto Martins (1912-1992).

De acordo com a esposa de Pery, a empresária Ana Duarte, ele estava internado havia 30 dias no Hospital Universitário Pedro Ernesto, em Vila Isabel, na Zona Norte, para tratar de uma endocardite e tinha alta programada para esta semana. "Hoje [sexta-feira] pela manhã fomos surpreendidos com esse infarto fulminante", lamentou Ana, casada há 20 anos com o artista. Ele deixa dois filhos: Paula, do seu primeiro casamento, e o produtor de comerciais Bernardo Martins.

A carreira
Pery iniciou a carreira artística aos três anos, quando fez a dublagem do anão Dengoso em filmes de Walt Disney ao lado de sua mãe, que interpretava a Branca de Neve. Aos 5 anos, em 1942, participou de “It’s all true”, o filme inacabado de Orson Welles, filmado no Brasil. Em 1959, trabalhando na TV Tupi como operador de câmera, foi convidado para participar do programa de Paulo Gracindo na Rádio Nacional.

Pery gravou a primeira versão comercial de Garota de Ipanema", de Tom Jobim e Vinicius de Moraes, além de 12 discos dedicados à bossa nova. A partir da década de 1970, se dedicou a trabalhos mais voltados para o jazz, ao lado de Leny Andrade, viajando por México e Estados Unidos, onde atuou também ao lado do conjunto de Sérgio Mendes.

Ganhou mais de 60 prêmios na carreira, incluindo o Troféu Roquette Pinto, o Chico Viola e o Troféu Imprensa. Além da carreira musical, foi apresentador de programas de televisão e participou de filmes no cinema nacional.

PRIMEIRO CARNAVAL DE ARTHUR

Ana, já botando o filho no "esperdício" do carnaval

Arthur e Katiane, a tia corujíssima

OH, QUARTA FEIRA INGRATA...



Quarta Feira Ingrata (é de Fazer Chorar)
Luis Bandeira

É de fazer chorar
quando o dia amanhece
e obriga o frevo acabar
ó quarta-feira ingrata
chega tão depressa
só pra contrariar
quem é de fato
um bom pernambucano
espera um ano
e se mete na brincadeira
esquece tudo
quando cai no frevo
e no melhor da festa
chega a quarta-feira

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

CAJUEIRO - CARNAVAL / 2012

Paulinho, meu parceiro de frescobol. (Exibição abaixo)

Conhecendo as vísceras da história recente do Brasil.

Evandro, ainda sóbrio pela manhã, derrubou 1 litro do Red, praticamente sòzinho;

Paquete chegando com peixe fresquinho na porta de casa.

O nosso pedaço do paraíso

"Os foliões" de Cajueiro. letícia e Lucas de Kalistrata e Léo.

Passei o carnaval na praia do Cajueiro no litoral norte do Rio Grande do Norte, na casa de Lula e Juca. O serviço, como sempre de primeira, com o cuzcus no leite de côco e o pirão de peixe de D. Nair, que são divinos (para se comer de joelhos). Joguei um pouco de frescobol com Paulinho de D. Zefa e também o tradicional jogo de Buraco. Fiz dupla com Arildo contra os donos da casa e metemos a chibata, mas perdemos a nêga. Esse ano veio pouca gente do clã Fernandes/Medeiros. Com exceção de Paulinho e a namorada Geovânia, só deu a 3ª idade: Lula e Juca; Arildo e Lilina: D. Zefa, Fátima e Jussara;kalistrata com Leonardo e os filhos Lucas e Letícia: eu e Evandro. Aproveitei o descanso para ler a Privataria Tucana do Amaury Ribeiro Júnior, que desvenda as entranhas das negociatas do processo das privatizações no governo de Fernando Henrique Cardoso. Aquilo foi uma indignidade com o Brasil e seu povo.

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

DESCOBRINDO MAIS UM SAMBA BOM

Com a Vida Que Pediste a Deus
(Ismael Silva)

Eu queria te fazer feliz
Mas me surpreendi
Com os defeitos teus
Se é conforme todo mundo diz
Estás com a vida que pediste a Deus
Ninguém te dá valor
Ninguém de ti tem dó
Não queres o amor
De uma pessoa só
Se a regeneração
Vier a te interessar
Com a minha proteção
Podes contar
Entre os defeitos teus
Este é o principal
Vou dar-te um adeus
Sem ser meu ideal
Pra não me colocar
Em má situação
Prefiro declinar
Da pretensão
.

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

OLHA O BONITÃO DO VÔ, AÍ...

Cante Arthur: " Mandei fazer a minha fantasia / Alegoria de papel crepom / Que é prá você durante esses três dias / Me curtir todinha ao romper dosom....


Pronto para brincar o seu primeiro carnaval !!




Vida e Carnaval

Elba Ramalho



Mandei fazer a minha fantasia
Alegoria de papel crepom
Que é pra você durante esses três dias
Me curtir todinha
E ao romper do som
Aprender na escola que é a rua
Ver a verdade nua
E não sair do tom

Pagar pra ver qual é
A barra de ser o que é
Ser pra você igual
Na vida e no carnaval
Meu negro tirei a máscara
Que até agora escondeu
Meu sentimento a mais rara
Das jóias que Deus me deu

AS FRUTEIRAS DA CASA DE D. LIA

O coqueiro, carregadíssimo; Estou procurando uma pessoa para limpar e tirar os côcos

O pé de Acerola, também carregado e o chão fazendo lama das frutinhas.


O pé de mamão, que apareceu sem ninguém plantar. Bom todo, Já comí dois deles e estou levando as sementes para plantar no Sossêgo.


quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

ADEUS COM FRANCISCO ALVES



Gostei mais com Demo (MIF)

ADEUS (CINCO LETRAS QUE CHORAM;)

Luisinha com Demo. Ela foi a causadora do porre do meu compadre.


video

História da música:

Prestes a separar-se do filho pequeno, a fim de realizar uma longa excursão artística, Silvino Neto compôs "Adeus, Cinco Letras Que Choram". E o fez, segundo afirmava, "Em menos de meia hora, numa viagem de bonde entre o Catete e o Centro do Rio". Achando-a ótima para a voz de Francisco Alves, Silvino logo lhe mostrou a canção, que o cantor aprovou.
Mas parece que Chico não fazia muita fé em "Cinco Letras Que Choram", pois só resolveu gravá-la três anos depois, e assim mesmo porque não dispunha de outra música para usar na face posterior de um disco em que lançaria "Você e a Valsa", de Alcir Pires Vermelho e Pedro Caetano. Acontece que, contrariando a expectativa do cantor, foi o lacrimoso samba-canção de Silvino que fez sucesso e entrou para a história.

Adeus - Cinco letras que choram (samba-canção, 1947) - Silvino Neto

Letra da música:

Adeus, Cinco Letras Que Choram

(Francisco Alves)

Adeus, adeus, adeus
Adeus
Adeus, adeus, adeus
Cinco letras que choram
Num soluço de dor
Adeus, adeus, adeus
É como o fim de uma estrada
Cortando a encruzilhada
Ponto final de um romance de amor
Quem parte tem os olhos rasos d'água
Sentindo a grande mágoa
Por se despedir de alguém
Quem fica, também fica chorando
Com um lenço acenando
Querendo partir também
Adeus, adeus, adeus
Adeus, adeus, adeus

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

SÓ O ENDEREÇO!!!

Compadre Demo com o chapéu que dei prá ele. Na juventude brigou com todo destacamento de polícia de Pedro Velho e fechou a feira

Comadre Helena de Demo vendo as fotos do Arthur.

Compadre Né de Augusta abandonou até a sueca.

Comadre Augusta, já foi o "cão chupando manga", hoje chupa manga para esconder o rosto. Ela não gosta de "tirar retrato"


Hoje fui com Penha e Ailton à Carnaúba revê os compadres e familiares. Meus compadres Demo e Helena e Né e Augusta, já estão de "Meio dia prá tarde" na casa dos 80 anos. Os homens (Demo e Né) estão só o tamanco (só tem o couro e o pau) e as mulheres (Helena e Augusta) estão como Bandeira de pirata (só tem o pano e a caveira). O compadre Né é o mais debilitado, pois nem sua Suequinha com os amigos está jogando mais, porém o jogo continua na sua casa e de vez em quando ele bota os amigos prá fora e ameaça rasgar o baralho. Meu compadre Demo tomou um porre outro dia e ficou cantando no meio da rua, saiu até "Cinco Letras que Choram". Coisa prá cinema. A comadre Augusta se queixa de dor bo corpo todo. Diz ela que tem dias que "dói da raiz dos cabelos as unhas dos pés". Helena, por sua vez, reclama de uma caimbra nos dedos, que quando dá ela solta o que está segurando e já andou quebrando prato, copo e quase a pitisqueira toda. Só tomara que eles, pelo menos, alcancem a "maré de agosto" e sobrevivam a ela.

É UM CEU COM "O"

É quase o paraíso, o CEO (Centro de Especialidades Odontológicas) onde o Roberto trabalha;



Entre um agendamento e outro, um filmizinho de vez em quando. A 7ª Arte a gente vê por aí, não é Roberto?

O Centro de Especialidades Odontológicas. É um programa de governo da era Lula, que trata da saúde bucal oferecendo serviços especializados, tais como: tratamento de canal e gengivas, cirurgias, próteses, diagnósticos de lesões bucais e ainda oferece tratamento odontológicos aos usuários com necessidades especiais. O CEO faz parte do Sistema Único de Saúde - SUS.

BOM DIA BELÉM !!



E bom dia para as Belenenses/paraenses, Gilberta e Sueli. Para vocês, a música que devia ser o hino oficial de Belém. Espero que tenham feito uma boa viagem de regresso a essa terra maravilhosa. (MIF)


Gilberta disse:

Marcão,Muito obrigada pelo carinho, pela atenção. Tua família está incluída no agradecimneto. Agora, essa homenagem, através da música para Belém foi de arrepiar. Esperamos poder retribuir essa hospitalidade. Um grande abraço. Gilberta

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

ALBUM DE FAMÍLIA

Arildo Filho com Iasmin e Cauã.

Lula, Juca (botando banca) e Evandro.

Dedé, Lula, Evandro e Chico

Arildo Filho comseus dois rebentos, Cauã e Iasmin

A esposa de Arildo Filho com Cauã.

Visitei o Recanto Ecológica Ana Rita, que reune , nos finais de semana as famílias Fernandes/Medeiros. Arildo Filho, esposa e seu casal de filhos estavam lá, além de Evandro, Chico Zé, Carlinhos e Jussara, Luana e Gilberto, Fernandinho e a namorada, e os donos do Recanto Arildo e Lilina. Por ordem médica não pude tomar nem uma cervejinha.

PARABÉNS MANO NOVO

O DR. da família assistindo o irmão mais velho
Igor, seu pai Araken e eu medindo a pressão que deu 14 por oito, Boa toda!!

Unidade Mista de Saúde de Pirangi (Muito bem equipada)


Nesse domingo (!@-02-2012) meu irmão mais novo, Araken Romildo Fernandes, completou 52anos. Festejou tirando mais um plantão no Hospital - Maternidade de Pirangi. Como diz o mano Rogério, Araken e o "Doutor Plantão". Ele diz que precisa engrossar o caldo do feijão para bancar a formação superior de seus filhos Igor e Aline, que estão prestes a se formar. O nosso presente foi ter comparecido ao seu local de trabalho prá ele medir nossa pressão. É mole!!?? Parabéns mano e continue a prestar seus bons serviços na profissão que você abraçou.

RECEBENDO AS AMIGAS PARAENSES EM NATAL

Um brinde a uma amizade nova, (Sueli e eu)


Gilberta e Igor degustando um camarão à Falésias no Restaurante do mesmo nome.

Gilberta e Sueli no maior cajueiro do mundo em Pirangi.

Sueli no maior cajueiro do mundo.

Sueli e Gilberta na praia de Pirangi.

Gilberta nas areias da Ilhota.

O Doutor da família Araken, medindo a pressão da Gilberta, que registrou 12 X 8.

Nós na Barreira do Inferno

Gilberta nas águas do Carcará

Aguardando uma caldeirada de Sioba no Carcará. (Sueli, Luana e Gilberta)
Sueli, Gilberta, Igor, Luana e Leonardo, no Baobá de Nísia Floresta.



Gilberta e Sueli Kataoka, estiverm em Natal para o casamentoda filha da Bia, amiga de infância de ambas. Como a Bia estava ultimando os preparativos do casamento da filhota Maiara, me coube o papel de anfitrião, que fiz com muito prazer. Levei-as para conhecer a orla de Natal, a ponte Newton Navarro,o Centro de Artesanato da praia do Meio, o Shoping Midwei Mall. o litoral sul passando por Barreira o Inferno, pela Ilhota, Pirangi e seu famoso cajueiro e demos uma estucadinha num local inde o turismo ainda não chegou, mas é uma beleza - a lagoa do Carcará. Também visitamos o Baobá de Nísia e saboreamos os camarões do famoso restaurante dos Camarões e uma peixada no restaurante Falésias na praia do Cotovelo. Leonardo e Igor, meus sobrinhos foram os "motoristas' e eu o guia turístico, Elas adoraram. Eis as imagens.

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

SÓ O ESQUELETO.


É como está a minha quase ex-casa, agora com a mangueira cortada. Está uma coisa sem vida.

SEGUNDO AVIÃO MONTADO



Um Hércules
( C-130 )